Luxemburgo legalizar o cultivo e consumo de cannabis em casa

Legalizar a canábis no Luxemburgo

O Luxemburgo vai legalizar o cultivo e o consumo de cannabis em casa.

O governo Luxemburguês anunciou mudanças na legislação sobre cannabis, com planos para legalizar o cultivo e consumo da droga em casa.
Como parte de um pacote de medidas para combater a criminalidade relacionada com a droga neste país de 640.000 pessoas, os adultos poderão cultivar até quatro plantas de cannabis por agregado familiar para uso pessoal.
O governo também permitirá a venda de sementes de cannabis nas lojas, bem como a importação do estrangeiro ou a compra online das mesmas.
Procurará também permitir a produção interna de sementes para fins comerciais.
O consumo e o cultivo só serão permitidos "dentro das suas quatro paredes", embora o transporte ou o consumo de até três gramas já não seja considerado crime, mas sim um delito.
Os líderes dos Verdes - um dos três parceiros da coligação governamental, juntamente com o Partido Democrata e o Partido Socialista dos Trabalhadores - disseram que a decisão "representa uma reorientação fundamental da política de drogas do Luxemburgo", uma vez que o governo procura combater a criminalidade relacionada com as drogas com uma abordagem mais "holística".
"A guerra à cannabis falhou", disse o partido numa declaração na sexta-feira.
"Os anúncios do Ministro da Justiça Sam Tanson representam uma reorientação fundamental da política de drogas do Luxemburgo. O consumo de cannabis é finalmente regulado e é criada uma alternativa legal para o mercado negro".
O Verdes acrescentou que os principais objectivos da nova legislação sobre cannabis seriam isentar a produção, compra e consumo de uma determinada quantidade de cannabis de castigo, manter os consumidores afastados do mercado negro, reduzir os perigos mentais e físicos a ele associados e combater o crime aquisitivo.

Deixe uma resposta